segunda-feira, 16 de abril de 2012

INSS: Aposentados terão apenas reposição em 2013, reajuste real está descartado


Conforme ocorreu em 2012, o governo federal, manteve a posição de não conceder reajuste real em 2013, ou seja, acima da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) deste ano, para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo. “Em nossa avaliação, eles (aposentados) têm assegurado por lei a inflação do ano anterior. Essa política já está definida por lei e acreditamos que seja mantida”, alega a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. 
Desde o ano passado, há expectativa por parte dos aposentados que o governo eleve a proposta para que haja aumento real. “Consideramos que (a inflação) seja o suficiente. O Brasil tem muitas prioridades, o recurso público é restrito. Há enorme número de categorias que não tem sequer a inflação. Nos parece que frente aos enormes desafios que temos no país, isso seja suficiente para os aposentados que têm beneficios acima do salário minimo”, justificou Miriam. 
Cerca de 9 milhões de aposentados ganham mais do que um salário mínimo. Em 2012, o governo fixou reajuste de 6,3%, relativo à estimativa da variação do INPC de 2011. A proposta ficou bem abaixo das reivindicações da categoria, que pediram INPC mais 80% do PIB do ano anterior, o que corresponderia a um reajuste de cerca de 12%. Segundo o governo, o impacto do aumento representaria uma despesa adicional de cerca de R$ 8 bilhões. 
Fonte: Bem Paraná (16/04/2012)



Aposentadoria deve chegar a R$ 4.093 em 2013 
O teto das aposentadorias do INSS poderá passar dos atuais R$ 3.916,20 para R$ 4.092,55 no ano que vem. 
O reajuste leva em conta só a inflação deste ano, prevista na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2013, encaminhada sexta-feira pelo governo ao Congresso. 
O projeto, que será votado pelos parlamentares do Senado e da Câmara, faz uma estimativa dos gastos do governo para o ano seguinte. 
Hoje, o valor máximo dos benefícios pagos pela Previdência Social chega a R$ 3.916,20. 
Em termos percentuais, os aposentados terão um reajuste de 4,5%.
Fonte: Agora S.Paulo (14/04/2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mesmo como anônimo, identifique-se com nome e e-mail para receber retorno. Todos comentários são monitorados e quando ofensivos, são excluídos.