quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Sistel: Na próxima sexta (27/fev) haverá reunião do Conselho Deliberativo da Sistel para decidir ou não proposta da Astel-SP sobre o PAMA


A proposta da Astel-SP para solucionar a muito provável insolvência em poucos anos do plano assistencial PAMA já foi devidamente divulgada por este Blog, através deste link
Em síntese, ela consiste em executar uma ação coletiva de 2001 e sentenciada em 2003, que pode estar prescrita, e solicita a transferência dos superavits do PBS-A de 2009 à 2011 para cobrir o buraco do Fundo Garantidor PAMA, sem nenhuma contrapartida por parte das patrocinadoras. Desta forma somente os assistidos cobririam o rombo do PAMA com seus superavits represados até hoje, por culpa exclusiva das patrocinadoras.

A outra solução existente ao PAMA é puramente jurídica, através da Ação Civil Pública ingressada pela FENAPAS e por algumas Associações de Aposentados.
Esta proposta também foi amplamente divulgada neste Blog, através do seguinte link.
Em síntese, consiste em cancelar os dois últimos aumentos do PCE, proibir cancelamentos por inadimplência no PAMA, volta do custeio pelas patrocinadoras e retorno dos inadimplentes ao plano, enfim, responsabilizar as patrocinadoras pelos prejuízos ocorridos no Fundo Garantidor do PAMA devido sua omissão em custear o plano durante estes últimos anos.

O que o Conselho Deliberativo da Sistel decidirá ninguém sabe ainda, mas a atitude controvertida do presidente da Astel-SP nos últimos dias, que também é conselheiro eleito da Sistel e o único dos quatro a defender sua proposta, alem de ser candidato a reeleição, de passar a defender não mais a sua proposta inicial, mas o ingresso dos assistidos em Juizados de Pequenas Causas para resolver o impasse do PAMA, é realmente muito estranha.
Primeiramente porque ele utilizou inicialmente sua campanha na defesa de sua proposta, até mesmo com a personalidade de salvador do PAMA, mesmo que sua proposta só contivesse o sacrifício dos assistidos e nenhum compromisso das patrocinadoras para solucionar o impasse, e depois, por passar a defender a transferência da responsabilidade de solução do PAMA para os assistidos, através do incentivo ao ingresso individual destes assistidos na Justiça de Pequenas Causas, dando a impressão de isentar-se, assim como sua Associação, de qualquer responsabilidade para solucionar o problema de todos assistidos.

Não é com soluções individuais que resolveremos o problema do PAMA. Necessitamos agir em conjunto e unidos, em nome de todos assistidos, conforme a FENAPAS já procedeu, para resolvermos definitivamente esta questão.

Por estes motivos, lembro que teremos uma ótima oportunidade de modificar esta situação, com o fim de soluções individuais, votando a partir do próximo dia 16 de março em candidatos alinhados e unidos com os assistidos e participantes de todos planos da Sistel.

Para lembrar-lhes quem são estes candidatos em cada região do Brasil, vote em um dos candidatos abaixo, todos apoiados pela FENAPAS e suas 14 Associações de Aposentados filiadas, pela APOS e pela FITRATELP (ex- SINTTEL).

No Estado de São Paulo, não vote em controvérsias e atitudes isoladas desagregadoras, vote nos candidatos coesos e com propostas definitivas em defesa dos cerca de 2.000 participantes e 24.000 assistidos da Sistel em todo Brasil, vote em 12 (Joseph) para o Conselho Deliberativo e 13 (Girão) para o Conselho Fiscal.

Sangue Novo na Sistel! 


Nas outras regiões, vote nos seguintes candidatos:
Fonte: Blog Aposentelecom (24/02/2015)




2 comentários:

  1. Recebi hoje uma mensagem da ASTEL , entre outras coisas que a proposta dele só não será aceita se os representantes da Fenapas pressionarem o conselho.Mas como assim? Agora a Fenapas consegue com 3votos pressionar as patrocinadoras? Que absurdo, agora é que não voto nesse senhor. Esse senhor pensa que os assistidos de SP são IDIOTAS.

    ResponderExcluir
  2. Desde qdo as patrocinadoras aceitam ser pressionadas por conselheiros?
    A que ponto chega uma pessoa para receber voto. Subestimar a inteligência das pessoas já é demais!!

    ResponderExcluir

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".