segunda-feira, 9 de julho de 2018

Comportamento: Bill Gates vai doar US$ 100 milhões para estudar, entender e acabar com o Alzheimer


Depois de anunciar um investimento bilionário em escolar públicas nos EUA e de doar quase 5 bilhões de dólares para a caridade em nome da Fundação Bill e Melinda Gates, o criador da Microsoft agora decide investir em mais um importante caso para um futuro melhor: a erradicação do Alzheimer.

Gates afirmou que este investimento não faz parte da Fundação Bill e Melinda Gates para filantropia, mas sim dele próprio. "É um grande problema, um problema crescente, e a escada dessa tragédia - até para pessoas que estão vivas - é ainda maior", disse ele.

Mesmo após décadas de estudos científicos na área, ainda não há tratamento que se quer possa diminuir a progressão do Alzheimer. Alguns medicamentos podem, inclusive, aumentar ainda mais alguns sintomas. Apesar disso, Bill Gates se mostrou extremamente otimista com os futuros tratamentos que podem ser encontrados daqui a uma década:

"Vai levar provavelmente 10 anos antes de novas teorias serem testadas o suficiente para dar-lhes [os pacientes com Alzheimer] uma grande chance de sucesso. Por isso é muito difícil arriscar um palpite (quando um medicamente efetivo pode ser desenvolvido). Eu espero que nos próximos 10 anos tenhamos alguns medicamentos poderosos, mas é possível que não seja alcançado."

A doação vai ser feita em duas formas: US$ 50 milhões serão destinados para o Dementia Discovery Fund, que busca tratamento para doenças como o Alzheimer e a demência. E outros 50 milhões de dólares serão destinados a startups focadas em pesquisas sobre o Alzheimer.

Mais uma vez, Bill Gates mostra que devemos deixar de ser tão egocêntricos e pensar mais no próximo. Um verdadeiro exemplo a ser seguido, não é mesmo?

Fonte: Tudocelular, Colaboração: Houw Ho Ling (13/11/2017)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".