quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Sistel: Resultado do plano CPqDPrev no 1o. semestre de 2018 fica acima da expectativa e de todos indicadores


O plano CPqDPrev gerido pela Fundação Sistel rendeu 5,1% no primeiro trimestre deste ano.

Para efeito de comparação com o mercado no primeiro semestre, o IBOVESPA, índice médio da Bolsa de Valores, rendeu 0,5%. A meta atuarial do plano (INPC + 4,38%) ficou em 4,8% e o CDI e SELIC renderam 3,2% no mesmo período.

O sucesso dos rendimentos de junho deveram-se ao forte investimento em renda fixa (97,4% do capital), sendo com 92% em Títulos Públicos com diferentes prazos de vencimento que vão até o ano de 2055 e 5,4% em Títulos Privados. Na renda variável, somente 1,7% foi investido em Fundos Estruturados de multimercado, enquanto 0,7% foram concedidos em Empréstimos aos participantes do plano.

Quanto ao retorno dos investimentos acumulados no primeiro semestre, a renda fixa rendeu 4,9%, os fundos estruturados 20,9% e os empréstimos 3,7%, o que perfaz um rendimento nominal do plano de 5,1% nos 6 primeiros meses do ano. 

O plano CPqDPrev fechou o semestre com um superavit de R$12,2 milhões, representando uma folga de 10,4% sobre a reserva matemática calculada em junho, ou seja, acima da estimativa necessária para pagar-se todos benefícios até o último beneficiário.

O resultado do CPqDPrev no 1o. semestre deste ano somado aos resultados dos anos anteriores já acumula uma Reserva de Contingência da ordem de R$ 61 milhões. Alem da Reserva de Contingência existe quase R$ 69 milhões alocados em diversos fundos (previdenciários, administrativo e de investimento).





Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".