quinta-feira, 12 de março de 2020

Sistel: Relatório da 215a. Reunião do Conselho Deliberativo da Sistel de 05 mar 2020



O relato abaixo foi emitido pelos conselheiros eleitos presentes:

1- Plano Assistencial – PAMA

Estamos, neste momento, reafirmando o que já foi divulgado através do relatório da REDEL 197ª ocorrido em 30/06/2019 sob o título "Apresentação das Premissas do PAMA".

Nos últimos dois anos (2018 e 2019) as despesas  assistenciais apresentaram um crescimento fora do comportamento real, em função principalmente da volatilidade do dólar.

Com isto os atuários da Fundação revisaram as premissas para projetar esse viés de tendência, refazendo  o teste de HCCTR.

Vale relembrar que o teste HCCTR (Health Care Cost Trend Rate) representa quanto se espera que os custos médicos hospitalares vão aumentar no longo prazo, sem considerar a projeção do envelhecimento e a inflação.

Pelos estudos da Rodarte as premissas direcionaram para a taxa de juros a.a conforme quadro abaixo;

PREMISSA HCCTR
2018
2019
2020
3,57%
3,79%
4,03%




Observem o crescimento da tx de juros 2018 X 2019 e 2020. Embora em 2020 a taxa devesse ser de 4,03%, por cautela, a premissa de crescimento real dos custos assistenciais será alterada gradativamente com o intuito de avaliar se a variação cambial será um fator preponderante nos custos reais assistenciais.

As despesas serão monitoradas com constantes estudos atuariais a fim de ficarmos atentos com estes crescimentos de despesas.

Custo médio das despesas do PAMA X PCE

Dez/18
Jun/19
Out/19
Pama
245,70
264,00
301,84
PCE
1.050,27
1.113,14
1.189,08

Observações importantes:
- A apuração do crescimento real das despesas médicas  foi realizada considerando o histórico de despesas no período de setembro 2013 a agosto de 2019.
-  A população do PAMA são 29.744 beneficiários, sendo que 28.075 ativos e 1.669 suspensos.
-  Tx de juros é de 3.9% a.a. (2019)
-  Tx de inflação a longo prazo 3,5% a.a.(2019)
-  Fator de capacidade das contribuições e despesas não assistenciais: 0,9831 (considerando tx de juros, 3.9% a.a e inflação 3.5% a.a)
-  Fator de capacidade das despesas assistenciais; 0,9653 (considerando tx de juros 3.9% a.a, crescimento real dos custos 3.79% a.a e inflação de 3.5% a.a.)

IDADE MÉDIA
Beneficiário
PAMA
PCE
titular
70,78
73,38
dependente
62,96
66,74
geral
68,30
70,86
Conclusão –
A situação econômica atuarial do Plano no final do exercício de 2019 está deficitária em R$197.230.821,74 (cento e noventa e sete milhões, duzentos e trinta mil, oitocentos e vinte e hum reais e setenta e quatro centavos).

Esta variação de provisões matemáticas, que contribuiu para o déficit no exercício é decorrente do aumento de eventos médicos justificado pelas adaptações das premissas utilizadas para o cálculo da provisão do exercício 2019 em comparação com o ano de 2018.

Portanto, o déficit econômico atuarial do PAMA será ajustado dentro do próprio Plano previsto para os próximos dois anos.

Ativos atuais do PAMA em dezembro 2019 R$4.089.644.814,70 (quatro bilhões, oitenta e nove milhões, seiscentos e quarenta e quatro mil, oitocentos e quatorze reais e setenta centavos). Vide a evolução no relatório de 30/06/2019.

2 – Pecúlio por morte – PBS-A
Foi encaminhado para avaliação e aprovação da PREVIC o processo do  recebimento em vida de 50% do pecúlio, que a rigor seria pago após a morte do assistido. Conforme já divulgado anteriormente.

Hoje temos 13421 aposentados do PBS-A que poderão optar para seu recebimento em vida.

De acordo com o regulamento, Art 55 &1º o assistido tem a opção de designar para o recebimento do seu pecúlio após sua morte, qualquer pessoa independente de vínculo.

No entanto naquele público em potencial, existem 3.356, em torno de 25% que ainda não designou seu representante a receber este pecúlio.

Ocorrendo uma morte repentina do assistido e o mesmo não possuir beneficiário o valor do pecúlio será incorporado ao plano.

3- Pesquisa de Satisfação com a Sistel

Público Alvo:  2830 assistidos, 313 ativos, 15 representantes de associações e 5 representantes de Patrocinadoras.

A Sistel atingiu os maiores desempenho da série histórica da Fundação, com os seguintes percentuais:

88% associações e 97% patrocinadoras
Principais avaliações
Itens Avaliados
Assistidos
Ativos
Maturidade de gestão
93,40%
94,50%
Transparência
91,30%
93,30%
Diretoria  preparada
76,40%
66,00%
Satisfação Geral
91,40%
87,20%
Satisfação c/PAMA
90,90%

Satisfação PAMA-PCE
94,10%


4- Distribuição do superávit referente ao ano de 2016.
 Foi destinado o superávit referente ao ano de 2016 no valor de R$506.760.030,07 ( quinhentos e seis milhões, setecentos e sessenta mil trinta reais e sete centavos) a ser distribuído paritariamente aos assistidos e patrocinadoras. 
 
Fonte: Conselheiros – Burlamaqui, Ezequias, Flordeliz e José Carlos Wenceslau (09/03/2020)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos possíveis comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".