segunda-feira, 11 de maio de 2020

Fundos de Pensão: Como os planos CV (Contribuição Variável) sentirão o impacto da crise de 2020



Na Sistel os planos na modalidade CV são os PREV's, exceto o InovaPrev, que é CD
A previdência complementar fechada também sentirá os efeitos da crise causada pela pandemia do novo coronavírus, como já noticiado pela Anapar, pois está atingindo com intensidade o mercado financeiro brasileiro desde fevereiro e muitos fundos de renda fixa administrados pelos grandes bancos brasileiros tiveram rendimentos negativos.
Nos planos de Contribução Variável (CV), que apresentam contas individuais na fase de capitalização e benefícios vitalícios na fase de percepção dos benefícios, há uma mescla dos impactos apresentados nos planos de contribuição definida (CD) e de benefício definido (BD).

O consultor Luiz Felippe Fonseca explica: - Participantes que desejam se aposentar no curto prazo terão o valor do seu benefício reduzido em relação ao benefício que teriam, se fosse concedido até janeiro de 2020, pois o nível de benefício é função direta do saldo de conta individual; – Para os benefícios concedidos, caso haja necessidade de equacionar eventuais déficits de 2020, as fundações devem elaborar planos de equacionamento em 2021 a ser implementados no início de 2022, e as contribuições extraordinárias serão rateadas entre patrocinadores, participantes e assistidos na proporção de suas contribuições normais.
Mas, nos planos CV que apresentam contas individuais tanto na fase de capitalização (não é o caso dos planos Prev da Sistel), quanto na fase de percepção dos benefícios, os impactos negativos são imediatos e exatamente iguais aos apresentados para os planos CD.

Assista o vídeo abaixo com mais explicações:


Fonte: Anapar (11/05/2020)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos possíveis comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".