sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Eleições Sistel: Conheça a plataforma de ações do candidato JOSEPH HAIM ao Conselho Deliberativo da Sistel por São Paulo (Região1)




Plataforma de Ações do candidato Joseph Haim a representante dos participantes e assistidos de SP ao Conselho Deliberativo da Sistel

Dos Conselhos e Estatuto da Sistel:
1. Tornar as decisões do Conselho Deliberativo da Sistel, principalmente aquelas que afetam diretamente os participantes e assistidos, mais acessíveis a eles, com a pronta divulgação das atas de reuniões, que deverão ser mais detalhadas, inteligíveis e transparentes;

2. Buscar a paridade entre representantes dos participantes/ assistidos e das patrocinadoras nos dois Conselhos da Sistel (Fiscal e Deliberativo);

3. Atualizar o Estatuto da Sistel, principalmente no tocante a composição das patrocinadoras, no sentido de haver um equilíbrio maior entre elas, respeitadas as responsabilidades e obrigações de custeio das mesmas junto a todos os planos Sistel;

4. Preservar os direitos adquiridos dos participantes/ assistidos para que a procura da via judicial só ocorra em última instância;

5. Atuar para que a Sistel dê transparência à alocação de reservas ocorridas em todas as reestruturações de planos Sistel cindidos em novos planos;

6. Buscar a união dos Conselheiros representantes dos participantes/ assistidos e criar mecanismos constantes de relacionamento entre estes Conselheiros e as Associações de Aposentados e Sindicatos representativos de Sistelados de todo Brasil e também com a Fenapas e Anapar;

Dos planos PBSs e PAMA:
7. Consultar os assistidos sobre as alternativas possíveis visando a resolução definitiva da destinação dos superavits provisionados (2009 à 2011) e posteriores do plano PBS-A;

8. Tentar solução negociada junto as patrocinadoras para a resolução definitiva da solvência do plano assistencial PAMA;

9. Acabar com descontinuidade do plano assistencial PAMA para o beneficiário em caso de falecimento do assistido e simplificar e agilizar o processo de concessão do benefício Pensão por Morte;

10. Expandir, diversificar e melhorar a qualidade da rede credenciada do PAMA;

De todos os planos:
11. Proibir a migração incentivada para novos planos utilizando reservas do plano de origem, exceto se os aportes forem extra plano e das patrocinadoras;

12. Negociar previamente com participantes/ assistidos quaisquer propostas de alterações dos regulamentos de planos;

Do relacionamento:
13. Melhorar o relacionamento e o fluxo de informações entre a Sistel e participantes/ assistidos através da implantação de uma central de atendimento moderna e eficaz, com atendentes especializados em cada plano, assim como modernizar o website da Sistel, customizando o atendimento e o fornecimento de informações segmentadas a cada plano e a cada participante/ assistido;

14. Incrementar a frequência e localidades do evento Sistel Parceria;

15. Automatizar e tornar transparentes todos os cálculos e memórias de benefícios concedidos pela Sistel, disponibilizando imediatamente aos assistidos a memória de cálculo de seus benefícios obtidos;

16. Disponibilizar a participantes/ assistidos, treinamento à distância sobre educação previdenciária e concessão de benefícios de cada  plano da Sistel;

17. Criar programa de fomento junto as patrocinadoras que incentive novas adesões de empregados recém contratados e dos não aderentes aos planos destas patrocinadoras;

18. Criar mecanismo para receber denuncias, sem necessidade de identificação, sobre irregularidades e providenciar sua análise;

19. Atualizar e divulgar as Cartilhas explicativas sobre cada plano da Sistel;

20. Integrar Associações de Aposentados e Sindicatos representantes dos participantes através da realização de no mínimo uma reunião anual com dois representantes destas Associações e Sindicatos com a Diretoria Executiva da Sistel;

Joseph Haim - Sangue novo na Sistel - Candidato ao CD por SP.
Campinas, 30/01/2015

6 comentários:

  1. Já que o amigo quer realmente TRANSPARÊNCIA no processo eleitoral da Sistel, fale sobre o ESTATUTO da mesma onde o CONSELHEIRO é muito bem recompensado financeiramente para exercer o cargo, sendo portanto um EMPREGADO DA SISTEL e como tal deve obediência ao PATRÃO.
    TOMAZ DANTAS
    NATAL-RN

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Tomaz,
      O Estatuto da Sistel não menciona valores de remuneração dos Conselheiros para saber se são elevados ou não, assim como desconheço seus valores, pois esta não é minha preocupação ao postular minha candidatura.
      Mesmo no passado, desconheço qualquer atitude de conselheiros eleitos que agiram ou votaram em nome das patrocinadoras. Lembro que são 8 conselheiros designados pelas patrocinadoras e apenas 4 (qdo. unidos) eleitos pelos participantes e assistidos. Esta disparidade é que precisa acabar!
      Att.

      Excluir
    2. Em respeito ao amigo, que prezo muito, não vou mais entrar no mérito do valor da recompensa financeira dos conselheiros eleitos (conforme o Art. 25 parágrafos 11 e 12 do Estatuto da Sistel) só quero deixar claro e transparente que não é um TRABALHO VOLUNTÁRIO. Desejo ao amigo todo sucesso nesta eleição e se pudesse votar, meu voto seria seu.
      TOMAZ DANTAS
      NATAL-RN

      Excluir
    3. Obrigado pela confiança no meu trabalho puramente voluntário exercido neste quase 7 anos, tanto neste Blog como na APOS.
      Foi justamente por crer que ele me credencia é que me candidatei a representar os Sistelados de SP na Sistel.
      A remuneração dos conselheiros eleitos sempre foi um tema polêmico e incógnito, mas é necessário que exista, pois existem diversas contra partidas em que os bens pessoais dos conselheiros podem ser colocados em indisponibilidade, mesmo sem culpa direta. Posso até te afirmar que parte desta remuneração é doada voluntariamente às Associações de origem do conselheiro e à Fenapas, outra parte serve para pagamentos de viagens e despesas em reuniões, inclusive na Sistel, e outra, talvez a mais significativa, é sugada involuntariamente à Receita. Sinceramente é o único que sei sobre o assunto.
      Conto com seu apoio e divulgação de meu nome junto a seus colegas residentes em SP.
      Abraços,

      Excluir
  2. Mesmo morando em Belem,posso votar em voce?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Walter, se seu domicílio na Sistel é Belem, PA, vc. é da região 4 para o Conselho Deliberativo (CD) e região 2 para Conselheiro Fiscal (CF) e só pode votar em candidatos destas regiões.
      Se me permite uma sugestão, vote no número 1 (Ezequias) para o CD e número 2 (Flordeliz) para o CF. Estes são os únicos candidatos que representam o PA que conheço e posso recomendar.
      Abraços, Joseph

      Excluir

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".