sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Fundos de Pensão: Previc emite parecer sobre aferição dos requisitos para membros de conselhos


A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) emitiu parecer sobre procedimentos adotados por entidade fechada não-ESI (Entidade Sistemicamente Importante) - Fundação Sistel não se inclui neste rol - na aferição dos requisitos mínimos ao exercício dos cargos de membro do conselho deliberativo e do conselho fiscal. O parecer foi elaborado para solucionar duas dúvidas da entidade Enerprev sobre a Instrução Previc nº 06, de 29 de maio de 2017.

A primeira dúvida diz respeito à periodicidade que o dirigente máximo da EFPC deverá requerer dos demais dirigentes documentos comprobatórios do cumprimento dos requisitos que o habilitam à permanência no cargo. A segunda consulta considera o aparente conflito de competências envolvendo o dirigente máximo da EFPC e o conselho fiscal no papel de cada um na avaliação do cumprimento das normas de certificação, habilitação e qualificação.

A Abrapp circulou o documento para todas as associadas neste terça, 9, tendo em vista que o esclarecimento afeta a todas as entidades fechadas. Clique aqui para ler o documento.


Fonte: Acontece Abrapp (11/01/2018)

Um comentário:

  1. Brasil Confidencial – O Lobby da Petros Para Diminuir Direitos dos Aposentados

    Perspectivas Sobre a Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros) Depois de Tantos Escândalos de Corrupção

    Montax Inteligência já havia alertado clientes acerca dos riscos de investimentos na Petros, fundo de pensão da Petrobras, por conta do aparelhamento político-ideológico e da corrupção. Neste artigo vamos demonstrar as razões pelas quais é arriscado manter investimentos no Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP), o mais antigo e danificado conforme expuseram as operações Lava Jato e Greenfield.

    A análise de risco é baseada em relatórios da Polícia Federal, nas declarações públicas do atual presidente da Petros, no Plano de Equacionamento do Déficit (PED) do Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP) e possível retorno do PT ao comando da Petros em 2019.

    Vale a pena resgatar valores depositados em Reserva de Poupança para realizar investimentos menos arriscados, porque ações governamentais têm impacto negativo nos ativos financeiros de empresas estatais, não importa o partido.

    Leia o artigo AQUI http://montax-informacao.blogspot.com.br/2017/10/brasil-confidencial-o-lobby-da-petros.html

    ResponderExcluir

"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores, mesmo anônimos, e DESTACAMOS que os IPs de origem dos comentários OFENSIVOS ficam disponíveis nos servidores do Google/ Blogger para eventuais demandas judiciais ou policiais".